top of page

Uso do plasma rico em plaquetas em cães com dores articulares

O uso do plasma rico em plaquetas (PRP) em cães com dores articulares tem se tornado uma opção terapêutica cada vez mais popular na medicina veterinária.

Doenças articulares, como a osteoartrite, são comuns em cães, especialmente em animais idosos ou em raças predispostas a problemas ortopédicos. Essas condições podem causar dor, inflamação e limitação da mobilidade, afetando significativamente a qualidade de vida do animal.

O PRP é uma abordagem terapêutica que se baseia na capacidade natural do organismo de se curar. É um concentrado de plaquetas derivado do próprio sangue do cão, que contém uma alta concentração de fatores de crescimento e outras substâncias biologicamente ativas. Quando injetado na articulação afetada, o PRP promove a regeneração dos tecidos danificados, reduz a inflamação e alivia a dor.

O procedimento de aplicação do PRP geralmente envolve a coleta de uma pequena quantidade de sangue do cão, que é então processado para separar o plasma rico em plaquetas. Esse plasma concentrado é então injetado na articulação afetada.

Os benefícios do PRP para cães com dores articulares incluem a promoção da cicatrização e regeneração dos tecidos, redução da inflamação e alívio da dor. Ao contrário de muitos tratamentos convencionais, o PRP é uma terapia autóloga, ou seja, derivada do próprio animal, o que reduz o risco de reações adversas ou rejeição.

Estudos e relatos clínicos têm demonstrado resultados promissores no uso do PRP para o tratamento de dores articulares em cães. Muitos tutores relatam uma melhoria significativa na mobilidade e no bem-estar de seus animais após o tratamento com PRP.

No entanto, é importante notar que o PRP pode não ser adequado para todos os casos de dores articulares em cães, e os resultados podem variar de acordo com a gravidade da condição, a saúde geral do animal e outros fatores individuais. Além disso, o custo do tratamento com PRP pode ser um fator limitante para alguns tutores.

Em resumo, o uso do plasma rico em plaquetas tem se mostrado uma opção terapêutica promissora para cães com dores articulares, oferecendo uma abordagem segura e eficaz para melhorar a qualidade de vida desses animais. Como sempre, é importante que o tratamento seja realizado por um veterinário qualificado, que possa avaliar cuidadosamente as necessidades individuais do cão e fornecer orientação adequada.


Referências bibliográficas


Khan, Sharun & Jambagi, Kaveri & Dhama, Kuldeep & Kumar, Rohit & Pawde, Abhijit & Amarpal, Amarpal. (2021). Therapeutic Potential of Platelet-Rich Plasma in Canine Medicine. Archives of Razi Institute. 76. 721-730. 10.22092/ARI.2021.355953.1749.


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta ou consultoria on-line pelo whatsapp (11)91258-5102.

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page