top of page

Teste de Ortolani em cães

Atualizado: 23 de jan.

O teste de Ortolani é um exame ortopédico que visa avaliar a presença de luxação da articulação coxofemoral em cães.


O teste é de grande importância para o diagnóstico precoce de displasia coxofemoral, que é uma das doenças ortopédicas mais comuns em cães de raças grandes e gigantes.


O teste de Ortolani foi criado pelo médico italiano Marino Ortolani em 1984, durante sua atuação na Universidade de Bolonha. Ortolani dedicou grande parte de sua carreira ao estudo das afecções ortopédicas em cães, especialmente da displasia coxofemoral, e desenvolveu esse teste como uma ferramenta diagnóstica para essa doença. Desde então, o teste de Ortolani tem sido amplamente utilizado por médicos-veterinários em todo o mundo como parte da avaliação ortopédica de cães.


A displasia coxofemoral é uma doença multifatorial que pode estar relacionada a fatores genéticos e ambientais. É caracterizada pela incongruência articular da cabeça do fêmur com o acetábulo, resultando em dor, claudicação e limitação de movimento. O diagnóstico precoce é fundamental para que se possa instituir medidas preventivas e terapêuticas.


O teste de Ortolani consiste em manipular a articulação coxofemoral do animal, realizando uma rotação interna da coxa e exercendo uma pressão leve na articulação. O teste é positivo quando há uma sensação de "clique" na articulação durante o movimento, o que indica a presença de deslocamento da cabeça do fêmur.


Para realizar o teste, o cão deve ser colocado em decúbito dorsal, com os membros pélvicos estendidos e relaxadas. O examinador deve segurar a articulação coxofemoral com uma mão e com a outra mão deve realizar a rotação interna da coxa. Durante o movimento, deve-se exercer uma pressão leve na articulação, avaliando a presença de sensação do "clique".


É importante ressaltar que o teste de Ortolani deve ser realizado por um profissional capacitado e experiente, uma vez que a manipulação inadequada da articulação pode resultar em lesões e agravamento da displasia coxofemoral.


Em casos em que o teste de Ortolani é positivo, é fundamental realizar uma radiografia da articulação coxofemoral para confirmar o diagnóstico de displasia coxofemoral e avaliar o grau de comprometimento e instabilidade articular.


Em resumo, o teste de Ortolani é um exame ortopédico fundamental para o diagnóstico precoce de displasia coxofemoral em cães. Sua realização deve ser feita por um profissional capacitado e experiente, e a confirmação do diagnóstico deve ser feita através de radiografias da articulação coxofemoral.


Referências bibliográficas


Ortolani M. Congenital hip dysplasia in the dog. Vet Rec. 1984;114(25):599-602.


DeCamp CE, Johnston SA, Delong JM, Kang CS. Evaluation of Ortolani's test in a clinically normal dog population. J Am Vet Med Assoc. 1996;209(6):1219-1221.


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta pelo whatsapp (11)91258-5102.

1.161 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page