top of page

Pregabalina para cães: O que é?

A pregabalina é um medicamento anticonvulsivante e analgésico que tem sido amplamente utilizado no tratamento da dor neuropática e de outras condições dolorosas em humanos.

Nos últimos anos, seu uso também tem sido explorado na medicina veterinária, incluindo o tratamento de cães com dor crônica e neuropática.


A crescente preocupação com o bem-estar animal e a necessidade de opções terapêuticas mais eficazes para o manejo da dor em cães têm impulsionado o interesse em drogas como a pregabalina, que podem oferecer alívio da dor sem os efeitos colaterais associados a outras classes de medicamentos.


O mecanismo de ação da pregabalina é complexo e ainda não completamente compreendido, mas envolve sua capacidade de se ligar às subunidades α2-δ dos canais de cálcio dependentes de voltagem no sistema nervoso central e periférico. Isso resulta na modulação da liberação de neurotransmissores excitatórios, como glutamato, noradrenalina e substância P, diminuindo a excitabilidade neuronal e reduzindo a transmissão do sinal da dor. Além disso, a pregabalina tem sido associada à diminuição da liberação de neurotransmissores pró-inflamatórios, o que pode contribuir para seus efeitos analgésicos e anti-inflamatórios.


No contexto veterinário, a pregabalina tem sido estudada principalmente para o tratamento da dor neuropática, como a causada por neuropatia diabética, lesões nervosas traumáticas e condições musculoesqueléticas que afetam os nervos periféricos. Em cães, a dor neuropática é frequentemente associada a condições como hérnias de disco, síndrome de cauda equina, lesões nervosas traumáticas e neuropatias hereditárias. Essas condições podem resultar em dor crônica, sensibilidade aumentada, formigamento, queimação e outras sensações anormais, que podem ser difíceis de controlar com terapias convencionais.


Estudos clínicos e relatos de caso em cães sugerem que a pregabalina pode ser eficaz no alívio da dor neuropática e de outras formas de dor crônica. Em um estudo, cães com dor neuropática associada a hérnias de disco lombar foram tratados com pregabalina por um período de seis semanas. Os resultados mostraram uma melhora significativa na pontuação da dor e na qualidade de vida dos cães, com poucos efeitos colaterais relatados. Outros estudos relatam resultados semelhantes em cães com diferentes formas de dor neuropática, incluindo neuropatia diabética e lesões nervosas traumáticas.


Além do tratamento da dor neuropática, a pregabalina também tem sido investigada para o manejo da dor musculoesquelética em cães, como a causada por osteoartrite e outras condições articulares degenerativas.


Embora a eficácia da pregabalina nesses casos ainda não esteja completamente estabelecida, alguns relatos de caso e estudos preliminares sugerem que ela pode proporcionar alívio da dor em cães com osteoartrite, especialmente quando usada em combinação com outras terapias, como anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs), fisioterapia e modificação do ambiente do cão para facilitar a mobilidade.


A segurança da pregabalina em cães também tem sido objeto de estudo. Em geral, a pregabalina é bem tolerada quando administrada corretamente, com poucos efeitos colaterais graves relatados.


Os efeitos adversos mais comuns incluem sedação, ataxia (dificuldade de coordenação motora), e, em casos raros, problemas gastrointestinais. A sedação é especialmente comum em doses mais altas, mas geralmente diminui com o tempo à medida que o cão se adapta ao medicamento. Como acontece com qualquer medicamento, a dosagem deve ser cuidadosamente ajustada para minimizar os efeitos colaterais e maximizar os benefícios terapêuticos.


É importante ressaltar que o uso de pregabalina em cães deve ser supervisionado por um veterinário qualificado, que pode avaliar a necessidade do medicamento com base na condição clínica do animal, história médica e resposta ao tratamento.


Em resumo, a pregabalina tem o potencial de ser uma ferramenta valiosa no tratamento da dor neuropática e de outras formas de dor crônica em cães.


Seus efeitos analgésicos, perfil de segurança favorável e relativa facilidade de administração a tornam uma opção atrativa para veterinários que buscam maneiras mais eficazes de controlar a dor em seus pacientes.


Com uma abordagem cuidadosa e individualizada, a pregabalina pode oferecer alívio significativo da dor e melhorar a qualidade de vida de cães afetados por condições dolorosas crônicas e debilitantes.


Referências bibliográficas


Rudinsky, A. J., & Harari, J. (2016). "Pregabalin for treatment of long-term chronic pain in 12 dogs: A pilot study." Veterinary Medicine: Research and Reports, 7, 1-6.

Schwartz, M., Muñana, K., & Nettifee-Osborne, J. (2015). "Efficacy of pregabalin for the treatment of refractory neuropathic pain in dogs." Journal of Veterinary Internal Medicine, 29(4), 1084-1089.


Sobre o autor



Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta pelo whatsapp (11)91258-5102.

26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.

Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page