top of page

Lesões e feridas nos coxins dos cães

Atualizado: 23 de jan.

Os coxins dos cães são as almofadas de tecido grosso localizadas nas patas e que ajudam a absorver choques e proteger as articulações durante a locomoção.


As feridas nos coxins são lesões comuns em cães e podem ser causadas por uma série de fatores, incluindo traumas, exposição a superfícies ásperas ou muito quentes, infecções bacterianas ou fúngicas, e alergias.


As feridas nos coxins em cães podem ser causadas por uma série de fatores, incluindo:

  • Traumas: como cortes, abrasões ou queimaduras.

  • Exposição a superfícies ásperas ou muito quentes: como asfalto quente ou superfícies de concreto.

  • Infecções bacterianas ou fúngicas: como a infecção por Staphylococcus ou Malassezia.

  • Alergias: como dermatite atópica ou hipersensibilidade alimentar.

Os sintomas de feridas nos coxins em cães podem variar, dependendo da causa subjacente da lesão.


Os sinais clínicos podem incluir dor, mancar, inchaço, vermelhidão, feridas abertas ou crostas, e lambedura excessiva da pata afetada.


Em alguns casos, o cão pode desenvolver uma infecção secundária, o que pode levar a sintomas adicionais, como febre e secreção purulenta.


O diagnóstico de feridas nos coxins em cães é baseado em uma combinação de história clínica, exame físico e, em alguns casos, exames laboratoriais.


O veterinário pode examinar a lesão e realizar um teste de cultura para determinar se há uma infecção bacteriana ou fúngica subjacente, se necessário.


Em alguns casos, uma biópsia pode ser necessária para avaliar a causa subjacente da lesão, como no caso de neoformações.


O tratamento das feridas nos coxins em cães depende da causa subjacente da lesão. Em casos leves, o tratamento pode envolver a limpeza da lesão e a aplicação de um curativo ou creme antibiótico ou antifúngico.


Em casos mais graves, pode ser necessário fazer uma sutura ou uma cirurgia reparadora para corrigir a lesão.


Além disso, é importante proteger o membro afetado durante o período de cicatrização. Isso pode incluir a restrição do exercício físico, o uso de uma bota de proteção para o membro afetado e a administração de analgésicos para aliviar a dor.


O prognóstico para cães com feridas nos coxins depende da causa subjacente da lesão e da gravidade. Com um tratamento adequado e rápido, muitos cães se recuperam completamente.


No entanto, em alguns casos, a lesão pode ser grave o suficiente para afetar permanentemente a locomoção do cão.


Referências bibliográficas


Campbell, K. L., Knapp, D. W., Bell, F. W., & Weisbrode, S. E. (2003). Cutaneous and subcutaneous tumors of the digits


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta pelo whatsapp (11)91258-5102.

3.222 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments


O QUE FAZER QUANDO A ALMOFADA DO CACHORRO NÃO EXISTE MAIS , FOI CORTADA NUM ACIDENTE . EXISTE ALGUMA COISA QUE POSSA SUBSTITUIR ???

Like
Replying to

Infelizmente não há como substituir o coxim. Em alguns casos, o cão ao apoiar constantemente a região sem o coxim, cria um espécie de "calo" novamente. Há também pacientes que podem utilizar próteses para evitar lesões de pele nesses casos, ou até mesmo para melhorar a mobilidade.

Like

Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page