top of page

Aumento de fosfatase alcalina (FA) e lesões musculares em cães e gatos

Atualizado: 5 de abr.

A fosfatase alcalina (FA) é uma enzima presente em várias partes do corpo, incluindo os ossos, fígado, intestinos, rins e placenta em animais gestantes. No entanto, ela também pode ser encontrada em quantidades menores em músculos e outras células.


Em cães e gatos, a FA pode ser usada como um marcador para avaliar lesões musculares, embora seu papel nesse contexto seja menos específico do que a CK e a AST.


Quando ocorre lesão muscular, especialmente se houver inflamação associada, os níveis de FA podem aumentar devido à liberação de enzimas de células musculares e ao processo de reparação tecidual.


No entanto, é importante notar que os níveis de FA podem aumentar por várias outras razões, incluindo doenças hepáticas, obstrução biliar, e crescimento ósseo ativo em animais jovens.


Portanto, interpretar os níveis de FA isoladamente pode ser desafiador, e muitas vezes é necessário considerar outros marcadores e informações clínicas para determinar a causa subjacente do aumento nos níveis de FA.


Em resumo, enquanto a FA pode ser um indicador útil de lesões musculares em cães e gatos, sua interpretação deve ser feita com cautela e em conjunto com outros testes diagnósticos para fornecer uma avaliação mais abrangente da condição do animal.


Referências bibliográficas

Milne, Elspeth. (2008). The diagnostic value of alkaline phosphatase in canine medicine: a review. Journal of Small Animal Practice. 26. 267 - 278. 10.1111/j.1748-5827.1985.tb02111.x.


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta presencial ou consultoria on-line pelo whatsapp (11)91258-5102.

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page