top of page

Displasia coxofemoral em cães da raça Pastor Alemão

A Ortho for Pets se dedica à saúde e bem-estar dos nossos cães, e compreendemos que cães da raça Pastor Alemão podem enfrentar desafios específicos, como a displasia coxofemoral. Neste artigo, exploraremos o que é essa condição, seus sintomas, diagnóstico e opções de tratamento para garantir que você, como tutor, esteja informado e pronto para tomar as melhores decisões para o seu cão.

O que é Displasia Coxofemoral: A displasia coxofemoral é uma condição ortopédica comum em cães, especialmente em raças grandes como o Pastor Alemão. A displasia coxofemoral envolve o desenvolvimento anormal da articulação coxofemoral, onde a cabeça do fêmur não se encaixa adequadamente na cavidade da articulação no quadril o acetábulo. Esse desajuste provoca atrito e desgaste anormal, resultando em dor e desconforto para o animal. Sintomas: Identificar os sintomas da displasia coxofemoral é crucial para um diagnóstico precoce e tratamento eficaz. Nos Pastores Alemães, os sinais podem incluir claudicação (mancar) , dificuldade em levantar ou se movimentar, rigidez após períodos de descanso, diminuição da atividade física e até mesmo mudanças no comportamento devido à dor. Diagnóstico: Ao observar sintomas potenciais, é fundamental procurar a ajuda de um veterinário especializado em ortopedia. O diagnóstico da displasia coxofemoral geralmente envolve exames físicos e radiografias, esse exame permite uma avaliação detalhada da articulação, ajudando no planejamento do tratamento. Fatores de Risco e Prevenção: Alguns fatores podem aumentar o risco de desenvolvimento da displasia coxofemoral em Pastores Alemães, como predisposição genética e dieta inadequada durante o crescimento. A prevenção inclui o controle rigoroso do crescimento do filhote, uma dieta balanceada e exercícios regulares, mantendo o peso corporal ideal para reduzir o estresse nas articulações. Tratamento: O tratamento da displasia coxofemoral pode variar de acordo com a gravidade da condição. Opções incluem manejo conservador com medicamentos anti-inflamatórios e fisioterapia, até intervenções mais invasivas, como cirurgias corretivas, como a prótese total de quadril. A abordagem escolhida dependerá do estágio da displasia e das necessidades específicas do animal. A displasia coxofemoral é uma condição desafiadora, mas com o diagnóstico e tratamento adequados, os Pastores Alemães podem viver vidas plenas e saudáveis. Na Ortho for Pets, estamos dedicados a fornecer o melhor atendimento ortopédico possível para garantir que seus animais de estimação desfrutem de uma vida feliz e ativa. Estamos aqui para ajudar, oferecendo soluções personalizadas para cada caso.


Referências bibliográficas


Leppänen, M & Mäki, Katariina & Juga, Jarmo & Saloniemi, Hannu. (2000). Factors affecting hip dysplasia in German shepherd dogs in Finland. The Journal of small animal practice. 41. 19-23. 10.1111/j.1748-5827.2000.tb03130.x.


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta pelo whatsapp (11)91258-5102.

149 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page