top of page

Como identificar sinais de luxação de patela no seu cão

A luxação de patela é uma condição ortopédica comum em cães, especialmente em raças de pequeno porte, que pode causar desconforto significativo e comprometer a qualidade de vida do animal. Identificar os sinais precoces dessa condição é crucial para buscar tratamento adequado e prevenir complicações.


A patela, ou rótula, é um pequeno osso localizado na frente da articulação do joelho, e sua função é facilitar o movimento suave do joelho, permitindo a extensão e flexão da perna. Quando a patela se desloca de sua posição normal, ocorre a luxação de patela. Isso pode acontecer de forma medial (para dentro) ou lateral (para fora), dependendo da direção do deslocamento.

Um dos primeiros sinais que podem indicar a luxação de patela em cães é uma alteração no andar. O cão pode começar a mancar de forma intermitente, muitas vezes levantando a perna afetada e evitando colocar peso sobre ela. Esse comportamento pode ser observado durante caminhadas, corridas ou mesmo quando o animal está parado. Em alguns casos, o cão pode demonstrar uma marcha saltitante, levantando a perna afetada e movendo-se de forma irregular.

Outro sinal importante a ser observado é a relutância do cão em realizar atividades que antes eram fáceis para ele, como subir escadas, pular no sofá ou no carro. A dor e o desconforto associados à luxação de patela podem fazer com que o animal evite movimentos que exijam o uso intensivo das pernas traseiras.

A palpação da articulação do joelho também pode fornecer indícios da condição. Se você notar uma sensação de "estalo" ou movimento anormal da patela ao tocar o joelho do cão, isso pode ser um indicativo de luxação. Além disso, é possível que o cão manifeste dor ao ser tocado nessa área, mostrando sinais de desconforto, como rosnar, gemer ou tentar se afastar.

Em casos mais avançados, a luxação de patela pode levar a uma inflamação crônica na articulação, resultando em inchaço visível e aumento da sensibilidade na área afetada. O cão pode começar a mostrar sinais de dor mesmo em repouso, lambendo ou mordiscando a área do joelho frequentemente, na tentativa de aliviar o desconforto.

A observação atenta do comportamento do cão é essencial para identificar esses sinais precoces. A mudança de hábitos, como um cão normalmente ativo que se torna mais sedentário ou um cão que antes gostava de brincar que começa a evitar atividades, pode ser um indicativo de que algo não está bem com suas articulações.

Se você suspeitar que seu cão está sofrendo de luxação de patela, é vital procurar um veterinário especializado em ortopedia. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado podem fazer uma diferença significativa na qualidade de vida do seu animal de estimação. O tratamento pode variar desde a modificação da atividade física e o uso de anti-inflamatórios até intervenções cirúrgicas em casos mais graves.

A prevenção e o manejo adequado da luxação de patela também podem incluir medidas como o controle do peso, para reduzir a carga sobre as articulações, e exercícios de fortalecimento muscular, que podem ajudar a estabilizar a patela e prevenir novos episódios de luxação.

Manter um olhar atento sobre os sinais de luxação de patela e agir rapidamente ao notar qualquer alteração pode ajudar seu cão a viver uma vida mais confortável e ativa, minimizando o impacto dessa condição ortopédica.


Referências bibliográficas


Di Dona, Francesco & Valle, Giovanni & Fatone, Gerardo. (2018). Patellar luxation in dogs. Veterinary Medicine: Research and Reports. Volume 9. 23-32. 10.2147/VMRR.S142545.


Nunamaker DM. Patellar luxation. In: Newton CD, Nunamaker DM, editors. Textbook of Small Animal Orthopaedics. Philadelphia: Lippincott; 1985:941–947.

Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta pelo whatsapp (11)91258-5102.

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page