top of page

Cinomose em cães

Atualizado: 23 de jan.

A cinomose é uma doença viral causada por um vírus chamado paramixovírus.


Etiologia (causa)


A cinomose ocorre através do contato com animais ou locais infectados pelo paramixovírus, pelo contato com a urina, saliva, tosse, espirros, sangue ou fômites (como potes de água e de ração).


A doença também pode afetar outras espécies como coiotes, lobos, raposas, gambás e gatos selvagens.


Predisposição racial


Não há predisposição racial para o vírus da cinomose, entretanto, a infecção ocorre com maior frequência em animais jovens não vacinados, adultos não vacinados, animais imunossuprimidos e idosos. O vírus da cinomose é resistente ao frio, e os casos tendem a aumentar no inverno.

Sinais clínicos (sintomas)


O início dos sinais clínicos podem se apresentar em até 14 dias após a exposição viral, afetando diversos sistemas, tais como: respiratório, gastrointestinal, imunológico, cutâneo e sistema nervoso central.


Os sinais respiratórios podem incluir: tosse, espirros, dispneia, pneumonia, e secreção nasal, enquanto sinais do sistema gastrointestinal podem se apresentar como: vômito, diarréia, perda de apetite e sialorréia (salivação excessiva).


No sistema nervoso, os sinais ocorrem principalmente em decorrência do tropismo do vírus pelo cerebelo e nervos, causando sinais sinais clínicos como mioclonias (espasmos musculares involuntários), head-tilt (inclinação da cabeça), andar em círculos, incoordenação motora, convulsões, e paralisia total ou parcial dos membros.


O sistema cutâneo também pode ser afetado, hiperqueratose dos coxins e focinho, além de feridas na pele.


Os cães podem ainda ter febre, dor e secreção ocular e desgaste do esmalte dentário.


Diagnóstico


No hemograma de animais com cinomose, a linfopenia (diminuição dos linfócitos) é uma alteração encontrada com frequência.


Podem ocorrer também leucocitose por neutrofilia devido à infecções bacterianas secundárias ou pelo processo inflamatório crônico instalado.


O diagnóstico da cinomose pode ser realizado através de testes rápidos de imunocromatografia por amostras de secreções do nariz, olhos e urina, além de sorologia e PCR.


Tratamento


A cinomose é uma doença sem cura e não existe tratamento direito para o paramixovírus, entretanto, o tratamento suporte poderá ser realizado e alguns animais podem conseguir sobreviver.


Na maioria dos pacientes sobreviventes, os animais podem apresentar sequelas que podem melhorar com o uso de células-tronco e tratamentos de fisioterapia e acupuntura.


O tratamento suporte poderá ser realizado com antibióticos para infecções secundárias, analgésicos, anticonvulsivantes, nutrição endovenosa, e antipiréticos.


Em caso de suspeita de um cão com cinomose, consulte um médico-veterinário para que seu pet receba o tratamento adequado.


Prevenção


A cinomose pode ser prevenida através da vacinação, por isso, filhotes não devem sair para passear ou ter exposição a outros cães antes do término do protocolo de vacinação.

Referências bibliográficas


Maurey, Christelle & Boucraut, Corine & Blanchot, D. & Bongrand, V. & Boulouis, H.-J & Gilles, Bourdoiseau & Chabanne, Luc & Dahan, J. & Gallay-Lepoutre, J. & Hernandez, Juan & Lecoindre, Patrick & Peyron, C. & Reynolds, Brendan. (2014). Canine distemper. Pratique Vet. 34-35.


Yilmaz, Volkan & coşkun, Nüvit & Timurkan, Mehmet Ozkan & Karakurt, Emin & Nuhoğlu, Hilmi & ERKILIC, Ekin & Kirmizigul, Ali & Sezer, Mert. (2022). The Investigation of Canine Distemper Virus in Different Diagnosis Materials of Dogs using Molecular and Pathological Methods, Northeastern Turkey. Indian Journal of Animal Research. 56. 1-7. 10.18805/IJAR.B-1389.


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta pelo whatsapp (11)91258-5102.

1.246 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page