top of page

Cachorro lambendo as patas: o que pode ser?

Atualizado: 23 de jan.

Lamber constantemente as patas, pode ser mais do que apenas um hábito comum. Enquanto lambeduras ocasionais são normais, o excesso desse comportamento pode ser um sinal de alerta para problemas ortopédicos, dermatológicos ou comportamentais em cães.

A lambedura excessiva das patas pode indicar uma forma de aliviar o desconforto que sentem em suas articulações. Observar atentamente o padrão e a frequência dessas lambeduras é crucial para identificar a possível fonte do problema.


Confira possíveis causas de lambedura das patas em cães:

Alergias Cutâneas: Alergias a substâncias presentes no ambiente, como pólen, ácaros, produtos químicos de limpeza ou alimentos, podem causar irritação na pele e levar o cão a lamber as patas como uma forma de alívio.


Infecções: Infecções bacterianas, fúngicas ou parasitárias nas patas podem resultar em coceira e desconforto, levando o cachorro a lamber a região afetada.


Lesões ou Ferimentos: Cortes, abrasões ou até mesmo espinhos presos nas almofadas das patas podem causar dor, levando o cão a lamber na tentativa de aliviar o desconforto.


Problemas Ortopédicos: Dores nas articulações, artrite ou outros problemas musculoesqueléticos podem fazer com que o cão lamba as patas como uma forma de lidar com a dor.


Estresse ou Ansiedade: O estresse ou a ansiedade podem levar alguns cães a desenvolver comportamentos compulsivos, como lamber as patas, como uma forma aliviar o estresse.


Tédio ou Falta de Exercício: Cães entediados ou que não recebem exercício suficiente podem desenvolver comportamentos autodestrutivos, como lamber as patas, para lidar com o tédio.


Problemas Dermatológicos Crônicos: Condições dermatológicas crônicas, como dermatite atópica, podem levar à lambedura constante das patas.


É importante observar se há outros sintomas associados, como inchaço, vermelhidão, descamação, mau cheiro ou claudicação (mancar). Se o comportamento persistir ou se tornar preocupante, é recomendável consultar um veterinário para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado.


Na Ortho for Pets, estamos aqui para ajudar a garantir que seu pet desfrute de uma vida plena, livre de desconfortos e limitações. Agende uma consulta hoje e proporcione ao seu pet o cuidado ortopédico que ele merece.


Referências bibliográficas


Scott, Harry & Witte, Philip. (2011). Investigation of lameness in dogs: 1. Forelimb. In Practice. 33. 20-27. 10.1136/inp.c7447.

Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta pelo whatsapp (11)91258-5102.

196 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page