top of page

Aumento de fosfatase alcalina (FA) em cães com problemas ortopédicos

O aumento da fosfatase alcalina (FA) em cães pode ser observado em diversas condições, e problemas ortopédicos não são uma causa direta comum de elevação da FA.



A fosfatase alcalina é uma enzima encontrada em diversos tecidos, incluindo ossos, fígado, intestinos e rins. Portanto, alterações nos níveis de fosfatase alcalina podem estar associadas a várias condições, incluindo aquelas que afetam o sistema musculoesquelético.


A principal função da fosfatase alcalina é catalisar a hidrólise de grupos fosfato de diferentes moléculas, agindo em um ambiente alcalino (pH mais elevado).


Alguns motivos pelos quais a fosfatase alcalina pode estar elevada em cães com problemas ortopédicos incluem:

Crescimento ósseo ativo: Em cães jovens em crescimento, é normal ter níveis elevados de fosfatase alcalina devido à atividade óssea. Problemas ortopédicos que afetam o crescimento ósseo podem contribuir para isso.

Fraturas ósseas: Fraturas e lesões ósseas podem levar ao aumento da fosfatase alcalina durante o processo de cicatrização.


Doenças ósseas metabólicas: Algumas condições ortopédicas, como doenças ósseas metabólicas, podem influenciar os níveis de fosfatase alcalina.


Doenças hepáticas: É importante observar que o fígado é outra fonte significativa de fosfatase alcalina. Problemas hepáticos podem contribuir para o aumento dessa enzima.


Prenhez: Níveis mais altos de FA são esperados devido à atividade placentária.


Embora o aumento da fosfatase alcalina possa estar associado a problemas ortopédicos, é essencial considerar outros fatores, como a idade do animal, histórico médico completo e possíveis condições hepáticas.


Um exame clínico abrangente, testes laboratoriais adicionais e, possivelmente, exames de imagem podem ser necessários para determinar a causa subjacente do aumento da fosfatase alcalina em um cão com problemas ortopédicos.


A interpretação dos resultados e o plano de tratamento devem ser realizados por um veterinário, que poderá oferecer orientações específicas para a saúde do seu animal de estimação.


Referências bibliográficas


Komnenou, Anastasia & Karayannopoulou, Maria & Polizopoulou, Zoe & Constantinidis, Theodoros & Dessiris, A. (2005). Correlation of serum alkaline phosphatase activity with the healing process of long bone fractures in dogs. Veterinary clinical pathology / American Society for Veterinary Clinical Pathology. 34. 35-8. 10.1111/j.1939-165X.2005.tb00006.x.


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta pelo whatsapp (11)91258-5102.



1.255 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page