top of page
Buscar

A osteotomia dupla de pelve para cães filhotes com displasia coxofemoral

Atualizado: 23 de jan.

A displasia coxofemoral é uma doença comum em cães, especialmente em filhotes de raças grandes e gigantes.


A displasia coxofemoral afeta as articulações do quadril, resultando em dor, claudicação e dificuldade de locomoção. Felizmente, a medicina veterinária oferece diversas opções de tratamento, sendo a osteotomia dupla de pelve uma das técnicas mais eficazes para cães filhotes com displasia coxofemoral.

A osteotomia dupla de pelve é uma cirurgia ortopédica que tem como objetivo melhorar a congruência e estabilidade da articulação do quadril, proporcionando alívio da dor e restauração da função normal. Essa cirurgia é especialmente indicada para cães filhotes, pois visa corrigir o problema antes que se desenvolvam alterações degenerativas irreversíveis na articulação.

O procedimento cirúrgico envolve duas osteotomias, ou seja, cortes no osso da pelve. A primeira osteotomia é realizada no ílio, onde uma porção do osso é realinhada para melhorar a cobertura da cabeça do fêmur. Isso permite uma maior estabilidade e reduz o desgaste da articulação.


A segunda osteotomia é realizada no púbis, com o objetivo de reposicionar a inserção do músculo pectíneo, melhorando a cobertura da cabeça do fêmur e promovendo uma distribuição mais equilibrada das forças na articulação.


A osteotomia dupla de pelve é uma cirurgia complexa que requer habilidade e experiência por parte do cirurgião veterinário. É realizada sob anestesia geral e exige cuidados pós-operatórios adequados, incluindo repouso estrito, medicação para controle da dor e fisioterapia.

Os resultados da osteotomia dupla de pelve em cães filhotes com displasia coxofemoral são geralmente excelentes. A maioria dos animais submetidos a essa cirurgia experimenta uma melhora significativa na qualidade de vida, com redução da dor e retorno à atividade normal. É importante ressaltar que a recuperação completa pode levar algumas semanas ou meses, e é fundamental seguir todas as orientações do veterinário para garantir o sucesso do procedimento.

Em resumo, a osteotomia dupla de pelve é uma opção eficaz de tratamento para cães filhotes com displasia coxofemoral. Essa cirurgia ortopédica permite corrigir a má formação da articulação do quadril, proporcionando uma vida mais saudável e confortável para o animal. Se o seu cãozinho apresenta sinais de displasia coxofemoral, consulte um ortopedista veterinário para avaliar a melhor abordagem terapêutica e discutir a possibilidade da osteotomia dupla de pelve.


Referências bibliográficas


Bartolomeu Santos et al. "Double pelvic osteotomy for treatment of hip dysplasia in dogs: 32 cases (1995-2007)." Journal of the American Veterinary Medical Association, 2009.


Piermattei, Donald L., and Johnson, Kenneth A. "Pelvic osteotomies for the management of hip dysplasia." Veterinary Surgery, 2013.


Sobre o autor


Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta pelo whatsapp (11)91258-5102.

341 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page