top of page
Buscar

Doenças ortopédicas comuns em cães filhotes

As doenças ortopédicas em cães filhotes são uma preocupação comum para os tutores e veterinários. Vamos abordar brevemente cada uma das doenças mais comuns:



Osteocondrite Dissecante (OCD) de Ombro: A Osteocondrite Dissecante é uma condição ortopédica que afeta cães filhotes, caracterizada por uma falha na formação da cartilagem, resultando na criação de fragmentos soltos na articulação, especificamente no ombro. Esta condição pode levar a sintomas como claudicação (mancar), inchaço e dor na perna afetada. O tratamento geralmente envolve cirurgia para remover os fragmentos e promover a cura adequada.


Displasia Coxofemoral: A Displasia Coxofemoral é outra condição ortopédica comum em cães filhotes, onde a articulação do quadril não se desenvolve adequadamente, causando instabilidade e degeneração articular. Os sintomas incluem claudicação, dificuldade ao subir escadas e para levantar, além de atrofia muscular na região da coxa. O tratamento pode variar de métodos conservadores, como controle de peso e fisioterapia, infiltrações com células-tronco, a intervenções cirúrgicas em casos mais graves.


Displasia de Cotovelo: Assim como a displasia coxofemoral, a displasia de cotovelo envolve o desenvolvimento anormal da articulação, causando sintomas como claudicação, dor e rigidez na perna afetada. O tratamento também pode variar, desde manejo conservador até cirurgia, dependendo da gravidade do caso.


Panosteíte: A Panosteíte é uma condição que afeta os ossos longos dos membros de cães jovens em crescimento, causando dor e claudicação intermitente. O tratamento normalmente envolve medidas de suporte, como o uso de analgésicos e descanso, uma vez que a condição tende a se resolver espontaneamente.


Necrose Asséptica da Cabeça do Fêmur: Esta condição envolve a morte do tecido ósseo na cabeça do fêmur devido à falta de suprimento sanguíneo. Os sintomas incluem claudicação e dor. O tratamento pode incluir medicações para alívio da dor ou, em casos graves, cirurgia para remover a cabeça do fêmur, conhecida como colocefalectomia.


Fraturas em Linha de Crescimento: As fraturas nessa região ocorrem na placa de crescimento, uma área de cartilagem nos ossos em crescimento. Estas fraturas podem resultar em deformidades ósseas se não forem tratadas adequadamente. O tratamento geralmente envolve imobilização e, em alguns casos, intervenção cirúrgica.


É crucial destacar que o diagnóstico e tratamento dessas condições devem ser conduzidos por um veterinário ortopedista, que pode avaliar o estado de saúde do filhote e recomendar o curso apropriado de ação. O acompanhamento veterinário regular e a observação atenta aos sinais de claudicação, dor ou desconforto são fundamentais para garantir a saúde ortopédica dos cães filhotes.


Referências bibliográficas


Boge, Gudrun & Moldal, Elena & Dimopoulou, Maria & Skjerve, Eystein & Bergström, Annika. (2019). Breed susceptibility for common surgically treated orthopaedic diseases in 12 dog breeds. Acta Veterinaria Scandinavica. 61. 10.1186/s13028-019-0454-4.


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta pelo whatsapp (11)91258-5102.

9 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page