top of page

Uso terapêutico da toxina botulínica (botox) no tratamento da contratura muscular espástica em cães e gatos

A toxina botulínica, popularmente conhecida como botox, é amplamente reconhecida por seus usos cosméticos em humanos, mas seus benefícios terapêuticos vão muito além disso.

Em medicina veterinária, a toxina botulínica tem sido cada vez mais utilizada no tratamento de uma variedade de condições, incluindo a contratura muscular espástica em cães.

A contratura muscular espástica é uma condição caracterizada por contrações musculares involuntárias e persistentes, muitas vezes causadas por lesões na medula espinhal, distúrbios neurológicos ou outras condições médicas.


Essas contrações musculares podem levar a rigidez, dor e dificuldade de movimento, afetando significativamente a qualidade de vida do animal.

O uso da toxina botulínica no tratamento da contratura muscular espástica em cães baseia-se em sua capacidade de bloquear a liberação de acetilcolina, um neurotransmissor responsável pela contração muscular. Ao injetar pequenas quantidades de toxina botulínica diretamente nos músculos afetados, é possível interromper temporariamente a comunicação entre os nervos e os músculos, resultando em relaxamento muscular e alívio dos sintomas.

O procedimento de injeção de toxina botulínica em cães é geralmente realizado sob sedação ou anestesia local para garantir o conforto do animal e facilitar a administração precisa da substância. O médico veterinário identifica os músculos afetados e administra a toxina botulínica por meio de uma agulha fina, direcionando-a para os pontos específicos de contração muscular.

Os benefícios do uso da toxina botulínica no tratamento da contratura muscular espástica em cães incluem a redução da rigidez muscular, o alívio da dor e a melhora da mobilidade. Além disso, ao contrário de alguns tratamentos convencionais, a toxina botulínica não afeta negativamente a função muscular normal e pode proporcionar resultados duradouros com poucos efeitos colaterais.

É importante ressaltar que o uso da toxina botulínica em cães deve ser realizado por um veterinário experiente, que possa avaliar adequadamente o animal, determinar a dosagem correta e monitorar os resultados do tratamento ao longo do tempo.

Em conclusão, a toxina botulínica oferece uma opção terapêutica eficaz e segura para o tratamento da contratura muscular espástica em cães, ajudando a melhorar a qualidade de vida e promover o bem-estar desses animais que sofrem com essa condição.

Referências bibliográficas


McGeachan, Robert & Schwarz, Tobias & Gunn-Moore, Danièlle & Marioni-Henry, Katia. (2020). Botulinum toxin type A for the treatment of muscle contractures secondary to acute spinal cord injury in a young cat. Journal of Feline Medicine and Surgery Open Reports. 6. 205511692092264. 10.1177/2055116920922648.


Turin, Lauretta & Piccione, Marina & Crosa, Fabio & Dall'Ara, Paola & Filipe, Joel & Zarucco, Laura. (2023). Therapeutic Applications of Botulinum Neurotoxins in Veterinary Medicine. Veterinary Sciences. 10. 460. 10.3390/vetsci10070460.


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta presencial ou consultoria on-line pelo whatsapp (11)91258-5102.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page