top of page

Exames para cães e gatos antes da cirurgia

Atualizado: 12 de abr.

Os exames pré-operatórios são uma parte crucial do cuidado cirúrgico em cães e gatos, desempenhando um papel fundamental na avaliação da saúde do animal antes de qualquer procedimento cirúrgico.



Esses exames ajudam a identificar potenciais problemas de saúde que podem afetar a segurança e o sucesso da cirurgia, permitindo que os médicos veterinários tomem medidas preventivas adequadas e personalizem o plano de cuidados para atender às necessidades específicas de cada paciente.


Uma avaliação pré-operatória abrangente geralmente inclui uma combinação de exames clínicos, exames laboratoriais e, em alguns casos, exames de imagem. Durante o exame clínico, o médico veterinário realiza uma revisão detalhada do histórico médico do animal, avalia seu estado geral de saúde e realiza um exame físico completo para identificar quaisquer anormalidades físicas evidentes.

Antes de continuarmos, convido você a conhecer meu curso on-line "A Jornada da Recuperação: Dicas para Tutores de Cães e Gatos do Pré ao Pós-operatório", um guia completo para ajudar você a passar com tranquilidade pelo pré e pós-operatório da cirurgia do seu pet. Clique na imagem abaixo para adquirir o produto.



Voltando ao nosso tópico, as anormalidades físicas podem ser detectadas incluir a verificação dos sinais vitais, como temperatura corporal, frequência cardíaca e respiratória, bem como a avaliação do sistema cardiovascular, respiratório, gastrointestinal, urinário e musculoesquelético.


Além do exame clínico, os exames laboratoriais desempenham um papel essencial na avaliação da saúde pré-operatória do animal. Isso geralmente inclui uma contagem sanguínea completa (hemograma), que fornece informações sobre a saúde das células sanguíneas, como glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas.


Também é comum realizar um perfil bioquímico, que avalia os níveis de várias substâncias no sangue, como glicose, ureia, creatinina, enzimas hepáticas e eletrólitos. Esses testes ajudam a identificar distúrbios metabólicos, disfunções renais ou hepáticas, eletrolitos desequilibrados ou outras anormalidades que podem aumentar o risco anestésico ou cirúrgico.


Além dos exames de sangue, exames de urina também são frequentemente realizados como parte dos exames pré-operatórios. A análise da urina pode fornecer informações importantes sobre a função renal, bem como detectar sinais de infecção do trato urinário ou outras condições subjacentes.


Em alguns casos, exames de imagem, como radiografias ou ultrassonografias, também podem ser indicados como parte dos exames pré-operatórios. Esses exames podem ajudar a avaliar a saúde de órgãos internos, identificar anormalidades estruturais ou detectar a presença de tumores ou lesões que podem afetar o planejamento cirúrgico.


Além dos exames clínicos e laboratoriais, a idade e o estado de saúde geral do animal também são considerados ao determinar quais exames pré-operatórios são necessários. Por exemplo, animais mais jovens e saudáveis podem não precisar de tantos exames quanto animais idosos ou com condições médicas subjacentes.


No entanto, é importante lembrar que a segurança do paciente é sempre a principal prioridade, e os exames pré-operatórios são projetados para identificar e mitigar quaisquer riscos potenciais associados à cirurgia.


Em resumo, os exames pré-operatórios são uma parte essencial do cuidado cirúrgico em cães e gatos, permitindo que os médicos veterinários avaliem a saúde do animal antes do procedimento e tomem medidas preventivas adequadas para garantir uma cirurgia segura e bem-sucedida.


Esses exames fornecem informações valiosas sobre a função orgânica, distúrbios metabólicos, anormalidades estruturais e outras condições médicas que podem afetar o resultado da cirurgia, permitindo uma abordagem personalizada para cada paciente e promovendo o bem-estar a longo prazo dos animais de estimação.


Referências bibliográficas


Louro, Luis & Maddox, Tom & Robson, Katherine & Alderson, Briony. (2021). Pre-anaesthetic clinical examination influences anaesthetic protocol in dogs undergoing general anaesthesia and sedation. Journal of Small Animal Practice. 62. 10.1111/jsap.13348.


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta presencial ou consultoria on-line pelo whatsapp (11)91258-5102.


48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page