top of page

Condroitina e glucosamina para cães

A suplementação com condroitina e glucosamina é amplamente utilizada no manejo da saúde articular em cães, especialmente aqueles que sofrem de condições como osteoartrite e outras doenças degenerativas das articulações.



Esses suplementos, muitas vezes combinados em uma única formulação, são conhecidos por seus potenciais benefícios na manutenção e reparação das cartilagens articulares, proporcionando uma melhor qualidade de vida para os cães afetados por essas condições dolorosas e debilitantes.


A glucosamina é um composto natural encontrado no corpo, essencial para a formação e reparação da cartilagem. Ela atua como um bloco de construção para os glicosaminoglicanos, que são componentes fundamentais da cartilagem articular. Com o envelhecimento ou devido a lesões, a capacidade do corpo de produzir glucosamina pode diminuir, levando ao desgaste da cartilagem e ao desenvolvimento de doenças articulares degenerativas.


A suplementação com glucosamina pode ajudar a compensar essa deficiência, promovendo a reparação da cartilagem danificada e a manutenção da integridade das articulações.


A condroitina, por sua vez, é um componente vital da cartilagem, que ajuda a reter água e proporciona elasticidade e resistência à compressão. Ela também desempenha um papel crucial na inibição das enzimas que degradam a cartilagem. Em cães com osteoartrite, a cartilagem se torna menos eficiente em suas funções devido à degradação enzimática e à perda de condroitina. A suplementação com condroitina pode ajudar a retardar o processo degenerativo, melhorando a função articular e reduzindo a dor associada à osteoartrite.


Os benefícios da suplementação com glucosamina e condroitina em cães são sustentados por uma quantidade crescente de evidências científicas e relatos anedóticos de veterinários e proprietários de animais. Muitos estudos indicam que esses suplementos podem reduzir a dor articular, melhorar a mobilidade e aumentar a qualidade de vida de cães com doenças articulares. Embora a resposta ao tratamento possa variar de cão para cão, muitos animais começam a mostrar sinais de melhora dentro de semanas a meses de uso regular.


No entanto, é importante entender que a glucosamina e a condroitina não são medicamentos milagrosos. Eles são mais eficazes como parte de uma abordagem multifacetada para o manejo da saúde articular, que pode incluir outros tratamentos médicos, modificações no estilo de vida e intervenções físicas. Para obter os melhores resultados, é essencial começar a suplementação nas fases iniciais da doença articular, antes que ocorra uma degradação significativa da cartilagem.


Além de sua eficácia potencial, a glucosamina e a condroitina são geralmente bem toleradas pelos cães, com poucos efeitos colaterais relatados. Quando ocorrem, os efeitos adversos são tipicamente leves e podem incluir sintomas gastrointestinais como náuseas, diarreia ou constipação. É sempre aconselhável consultar um veterinário antes de iniciar qualquer novo suplemento, para garantir que seja seguro e adequado para o cão, especialmente se ele estiver tomando outros medicamentos ou tiver condições de saúde subjacentes.


A dosagem de glucosamina e condroitina pode variar dependendo do peso, idade e condição do cão. A dosagem inicial é geralmente mais alta para saturar os tecidos e pode ser reduzida após um período inicial de algumas semanas. A forma de administração também pode variar, incluindo comprimidos, cápsulas, líquidos ou alimentos formulados com esses suplementos. Alguns cães podem preferir uma forma específica, e a palatabilidade pode ser um fator importante para garantir a adesão ao tratamento.


Em casos avançados de doenças articulares, a suplementação com glucosamina e condroitina pode ser combinada com outros tratamentos, como anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs), analgésicos ou terapias físicas.


A combinação dessas abordagens pode proporcionar um alívio mais abrangente da dor e melhorar a funcionalidade das articulações. A fisioterapia, por exemplo, pode ajudar a fortalecer os músculos ao redor das articulações, melhorando a estabilidade e reduzindo o estresse nas articulações afetadas.


A gestão do peso é outro componente crítico no manejo da saúde articular em cães. O excesso de peso coloca uma pressão adicional nas articulações, exacerbando a dor e acelerando o processo degenerativo.


A suplementação com glucosamina e condroitina pode ser complementada por uma dieta balanceada e controlada em calorias, juntamente com um regime de exercícios adequado para manter o peso ideal do cão.


Em resumo, a suplementação com glucosamina e condroitina representa uma estratégia valiosa no manejo da saúde articular em cães, particularmente aqueles que sofrem de osteoartrite e outras doenças degenerativas das articulações.


Embora esses suplementos não curem a doença, eles podem retardar sua progressão, reduzir a dor e melhorar a qualidade de vida dos cães afetados. A integração desses suplementos em um plano de tratamento abrangente, sob a orientação de um veterinário, pode oferecer os melhores resultados para a manutenção da saúde e mobilidade das articulações dos cães.


Referências bibliográficas


Beynen, Anton. (2016). Glucosamine and chondroitin in mobility foods for dogs. 10.13140/RG.2.2.11357.41446.


Sobre o autor



Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta pelo whatsapp (11)91258-5102.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.

Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page