top of page

Meu cão rebola ao andar, isso é normal?

Atualizado: 23 de jan.

O comportamento do "rebolado" ao andar pode ser normal para algumas raças de cães, especialmente aqueles com patas curtas ou pernas arqueadas, como Dachshunds, Corgis ou Basset Hounds.

No entanto, esse comportamento também pode ser um sinal de que algo não está certo, como uma dor nas articulações, fraqueza muscular ou problemas neurológicos.

Se seu cão não é de uma raça comum para esse comportamento e está apresentando outros sintomas, como mancar, evitar atividades físicas ou ter dificuldade para subir escadas, é importante levá-lo a um veterinário para avaliação.


O veterinário pode realizar um exame físico completo e, se necessário, recomendar exames adicionais para descobrir a causa subjacente do problema.


O comportamento de "rebolado" ao andar pode ser um sinal de displasia coxofemoral em cães.


A displasia coxofemoral é uma doença ortopédica comum em cães que afeta as articulações do quadril, e pode causar dor, claudicação, rigidez e outros sintomas.


Em estágios mais avançados da doença, o cão pode adotar uma postura estranha ao andar, como rebolar, devido à dor e ao desconforto nas articulações do quadril.


Por isso, é importante levar o seu cão ao veterinário para avaliação e exames, se você notar esse comportamento, especialmente se ele também apresentar outros sintomas, como dificuldade para levantar, mancar ou evitar atividades físicas.


O diagnóstico precoce e o tratamento adequado da displasia coxofemoral podem ajudar a reduzir os sintomas e melhorar a qualidade de vida do seu cão.


O tratamento pode incluir mudanças na dieta e no estilo de vida, medicamentos para dor e inflamação, fisioterapia e, em casos mais graves, cirurgia.


Referências bibliográficas


Smith, G. K., et al. (2012). Advances in the understanding of the genetic basis of canine hip dysplasia. Veterinary Clinics of North America: Small Animal Practice, 42(4), 559-569. doi: 10.1016/j.cvsm.2012.03.007


Meeson, R. L., et al. (2018). The effectiveness of conservative management for hip dysplasia secondary to osteoarthritis: A systematic review. Veterinary and Comparative Orthopaedics and Traumatology, 31(3), 143-153. doi: 10.1055/s-0038-1627469


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta pelo whatsapp (11)91258-5102.

777 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page