top of page

Cirurgia de patela em cães: O que esperar?

A cirurgia de patela, também conhecida como cirurgia para correção da luxação patelar, é um procedimento comum realizado em cães para tratar uma condição onde a patela (rótula) se desloca de sua posição normal no sulco femoral (tróclea).

A luxação patelar pode ser uma condição congênita, especialmente em raças pequenas e toy, ou pode ocorrer devido a traumas. Independentemente da causa, essa condição pode causar dor, claudicação e, se não tratada, levar a artrite e outras complicações nas articulações do joelho. Quando a luxação patelar é severa ou não responde ao tratamento conservador, a cirurgia se torna necessária para restaurar a funcionalidade e melhorar a qualidade de vida do cão.

A cirurgia de patela envolve várias técnicas, dependendo da gravidade da luxação e das características específicas do joelho do cão. As técnicas comuns incluem a realinhamento da tuberosidade tibial, onde o tendão patelar é reposicionado para manter a patela no lugar; a trocleoplastia, onde é criado um sulco mais profundo para que a patela se encaixe melhor; e a imbricação lateral, que envolve o reforço dos tecidos moles ao redor da patela para evitar seu deslocamento. Há ainda, técnicas para correção do desvio do fêmur, quando ele é o responsável por causar a luxação de patela. Em alguns casos, pode ser necessário combinar várias técnicas para obter os melhores resultados.

Antes da cirurgia, seu cão será submetido a uma avaliação pré-operatória completa, incluindo exames de sangue e radiografias para planejamento cirúrgico, para garantir que esteja em condições ideais para o procedimento.


A cirurgia é realizada sob anestesia geral, e o veterinário cirurgião e a equipe de anestesia tomarão todas as precauções para minimizar os riscos associados à anestesia e à cirurgia. Após a conclusão da cirurgia, seu cão será monitorado de perto durante o período de recuperação inicial na clínica para garantir que a anestesia seja eliminada com segurança e para controlar a dor e o desconforto pós-operatório.


A recuperação da cirurgia de patela requer um cuidado atento em casa. Nos primeiros dias após a cirurgia, seu cão precisará de um espaço confinado e tranquilo para descansar, longe de outros animais de estimação e atividades que possam causar estresse ou movimento excessivo. O veterinário prescreverá medicamentos para controlar a dor e a inflamação, e é vital seguir todas as instruções de medicação rigorosamente. A mobilidade do cão deve ser restringida, permitindo apenas caminhadas curtas e controladas com coleira para necessidades fisiológicas.

Nas semanas seguintes à cirurgia, a fisioterapia pode ser recomendada para ajudar na recuperação e para fortalecer os músculos ao redor do joelho. Exercícios controlados e de baixo impacto, como hidroterapia, podem ser benéficos para promover a recuperação sem colocar excesso de estresse na articulação. O veterinário fornecerá um plano de reabilitação personalizado, que pode incluir visitas regulares para monitorar o progresso do seu cão e ajustar o plano de tratamento conforme necessário.

É importante estar atento a quaisquer sinais de complicações, como inchaço excessivo, vermelhidão, secreção na área da cirurgia, ou sinais de dor intensa que não seja aliviada pelos medicamentos prescritos. Qualquer mudança preocupante deve ser comunicada imediatamente ao veterinário para garantir que quaisquer problemas sejam tratados prontamente.

Com cuidados pós-operatórios adequados e um programa de reabilitação bem executado, muitos cães se recuperam bem da cirurgia de patela e retornam a um nível normal de atividade. No entanto, a recuperação completa pode levar várias semanas a meses, dependendo da gravidade da luxação e da resposta individual do cão à cirurgia e à reabilitação. A paciência e o comprometimento dos tutores são cruciais para o sucesso a longo prazo da cirurgia.

Em conclusão, a cirurgia de patela é uma intervenção eficaz para tratar a luxação patelar em cães, proporcionando alívio da dor e melhorando a funcionalidade da articulação do joelho.


Com uma abordagem cuidadosa e seguindo as recomendações veterinárias, você pode ajudar seu cão a se recuperar completamente e a desfrutar de uma vida ativa e saudável.


A equipe da Ortho for Pets está aqui para apoiar você e seu cão em cada etapa do processo, desde a avaliação inicial até a recuperação completa.


Referências bibliográficas


L'Eplattenier, H. & Montavon, P.. (2002). Patellar luxation in dogs and cats: Pathogenesis and diagnosis. Compendium on Continuing Education for the Practicing Veterinarian. 24. 234-241.


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta ou consultoria on-line pelo whatsapp (11)91258-5102.

58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page