Buscar

Luxação coxofemoral em gatos

Atualizado: 12 de ago.

Luxação coxofemoral traumática


Definição


Uma luxação é o deslocamento ou a separação completa entre os ossos que normalmente se articulam. Nos gatos, a articulação que luxa com maior frequência é a coxofemoral.


Enquanto isso, uma subluxação é o termo que se refere a uma separação parcial da articulação.


Etiologia (causa)


O trauma, como um acidente automobilístico ou uma queda, é a causa mais comum de luxações articulares súbitas ou agudas.


Certas raças de gatos podem herdar uma predisposição para uma conformação ou condição anatômica que os torna mais propensos a sofrer luxações e subluxações articulares. Os Maine Coon, por exemplo, tem uma incidência maior de displasia do quadril, tornando-os mais propensos a ter uma articulação do quadril nessas condições.


Sinais clínicos (sintomas) Os sinais clínicos mais comuns associados a luxações articulares incluem: início repentino da claudicação, relutância em andar ou pular, dor ao tocar ou mover a articulação, inchaço ou aumento de temperatura da articulação, lambedura persistente na região, além de apetite diminuído e diminuição da atividade física.


Diagnóstico


Geralmente em casos de luxação, há histórico de trauma, lesão ou atividade ou esforço intenso recente. Uma radiografia é necessária para fornece o diagnóstico definitivo da luxação.


Tratamento


Em casos onde a luxação coxofemoral é recente, a articulação pode ser reduzida ou recolocada em sua orientação original por um procedimento denominado redução fechada. Anestesia geral é necessária para este procedimento, e depois de reduzir a articulação, um curativo externo é necessário para segurar a articulação no alinhamento adequado. Entretanto, esse método nem sempre é possível de ser realizado, principalmente em luxações mais antigas.

Por isso, alguns casos requerem uma redução aberta. Nesse caso, a articulação pode ser realocada pelo cirurgião, ou poderá ser realizada a ressecção artroplástica da cabeça e colo femoral em casos de gatos com incongruência articular.


Prognóstico


A recuperação na maioria das luxações articulares agudas (súbitas) ou traumáticas é bom, desde que a lesão seja tratada imediatamente. Casos crônicos, como aqueles associadas à displasia do quadril, podem exigir tratamento cirúrgico.


Como qualquer lesão articular, o paciente tem um risco aumentado de desenvolver osteoartrite no futuro. Para atrasar o desenvolvimento da osteoartrite, muitos pacientes se beneficiarão da suplementação ao longo da vida com ácidos graxos ômega-3, glucosamina e condroitina.


O controle de peso também é fundamental para reduzir a futura osteoartrite após lesões nas articulações, assim como o tratamento fisioterápico.


Referências bibliográficas


Yap, Fui & Dunn, Andrew & Garcia-Fernandez, Paloma & Brown, Gordon & Allan, Ross & Calvo, Ignacio. (2014). Femoral head and neck excision in cats: medium- to long-term functional outcome in 18 cats. Journal of feline medicine and surgery. 17. 10.1177/1098612X14556848.


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta pelo whatsapp (11)91152-4321 ou (11)91258-5102.


445 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo