Impressoras 3D na Ortopedia e Neurologia de Cães e Gatos

Atualizado: 21 de Ago de 2020


Impressão 3D de Atlanto-axial. Arquivo pessoal.

As impressoras 3D conseguem imprimir qualquer tipo de objeto utilizando a tecnologia de impressão tridimensional. Através de sua estrutura de metal, o uso de resina plástica e a modelagem a laser, a criação de próteses e modelos anatômicos por essas máquinas hoje é uma realidade na medicina veterinária.


Em março de 2019 tive a oportunidade de acompanhar pessoalmente a utilização da SMART NEURO, impressora 3D pertencente à Universidade da Pensilvânia, localizada no Hospital Veterinário Ryan, Filadélfia, EUA. Os setores de neurologia e ortopedia utilizam a tecnologia na rotina clínica. Após submeter os pacientes ao exame de tomografia computadorizada, as imagens eram enviadas à impressora para a produção dos modelos anatômicos.


Durante o período na Penn Vet, minha orientadora, a Professora Assistente Evelyn Galban, responsável pelo setor de Neurologia e Neurocirurgia e coordenadora do projeto, possuía alguns modelos impressos aos quais tive contato. A impressora 3D para eles era de fundamental importância no auxílio da compreensão e tratamento de afecções de coluna, através do planejamento cirúrgico e da simulação de procedimentos.


Os modelos anatômicos podem ser encontrados pelo site 3d Print, um banco de dados americano que inclui uma série de modelos anatômicos em 3D feitos por impressoras no país a partir de casos clínicos na ortopedia e neurologia veterinária. A SMART NEURO também compõe o banco de dados, sendo possível acessá-lo aqui.


No total, podemos visualizar 42 casos. São exemplos interessantes de como essa tecnologia pode auxiliar no diagnóstico, tratamento e treinamento veterinário. Aproveitem o conteúdo e não deixem de acessar a visualização em 3D.