top of page

Como fazer a recuperação pós-cirúrgica em cães

A recuperação pós-cirúrgica em cães é um processo delicado que exige cuidados meticulosos para garantir a saúde e o bem-estar do animal. Assim como em humanos, a fase de recuperação é crucial para o sucesso da cirurgia e para prevenir complicações.


A recuperação começa assim que o cão sai da sala de cirurgia e pode durar de alguns dias a várias semanas, dependendo da complexidade do procedimento realizado.

Logo após a cirurgia, é comum que o cão ainda esteja sob os efeitos da anestesia. Durante esse período, é essencial monitorar constantemente o animal. O cão pode estar desorientado, letárgico e pode apresentar dificuldades de coordenação. É importante manter o ambiente tranquilo e seguro para evitar acidentes. Além disso, é crucial evitar que o cão se lamba ou coce a área da incisão, o que pode ser feito utilizando colares elisabetanos (conhecidos como "cones").

A área onde o cão irá se recuperar deve ser limpa, seca e confortável. Um local silencioso, longe de outros animais e de agitação, é ideal. A cama do cão deve ser forrada com cobertores macios e deve estar livre de obstáculos para evitar que o animal se machuque. O uso de almofadas também pode ajudar a proporcionar conforto extra, especialmente se a cirurgia envolveu ossos ou articulações.

O manejo da dor é outro aspecto vital na recuperação. O veterinário prescreverá medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios para controlar a dor e o desconforto do cão. É importante seguir rigorosamente as instruções de dosagem e horários dos medicamentos. Nunca dê ao seu cão medicamentos humanos, pois muitos deles são tóxicos para os animais. A dor não controlada pode levar à agitação e ao atraso na recuperação, por isso, observe sinais de dor, como gemidos, falta de apetite ou relutância em se mover, e informe ao veterinário se notar algo fora do comum.

A alimentação também desempenha um papel importante na recuperação. Nos primeiros dias após a cirurgia, o apetite do cão pode estar reduzido. Ofereça pequenas quantidades de comida leve e de fácil digestão. É aconselhável seguir as recomendações do veterinário sobre a dieta adequada durante o período de recuperação. Certifique-se de que o cão tenha acesso a água fresca em todos os momentos. A hidratação é essencial para o processo de recuperação.

A higiene da ferida cirúrgica deve ser mantida com extremo cuidado. Siga as orientações do veterinário sobre como e quando limpar a área da incisão. Normalmente, isso envolve o uso de soluções antissépticas específicas e o monitoramento para sinais de infecção, como vermelhidão, inchaço, secreção ou mau odor. Evitar que o cão lambê-la é crucial, pois a saliva pode introduzir bactérias na ferida, retardando a cicatrização e aumentando o risco de infecção.

Limitar a atividade física do cão é outra parte essencial do processo de recuperação. Embora o cão possa parecer mais ativo e ansioso para se mover após os primeiros dias, é importante restringir exercícios vigorosos, saltos e corridas. Movimentos bruscos podem abrir pontos da sutura ou causar danos internos. Em vez disso, permita apenas caminhadas curtas e controladas, conforme as instruções do veterinário. Aumente gradualmente a atividade física do cão à medida que a recuperação progride e conforme orientado pelo veterinário. Marque todas as consultas de retorno para que o veterinário possa monitorar o progresso da cicatrização e identificar precocemente quaisquer complicações. Durante essas visitas, o veterinário pode ajustar o tratamento conforme necessário e oferecer orientações adicionais sobre os cuidados em casa.

Em resumo, a recuperação pós-cirúrgica em cães exige uma combinação de monitoramento atento, cuidados médicos, controle da dor, alimentação adequada, manutenção da higiene, limitação da atividade física e muito carinho. Seguir essas diretrizes ajudará a garantir que seu cão se recupere de maneira segura e eficiente, voltando à sua rotina normal o mais rápido possível. A dedicação e o cuidado durante este período são fundamentais para o sucesso da recuperação e para a saúde geral do seu pet.


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta presencial ou consultoria on-line por vídeo pelo whatsapp (11)91258-5102.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page