top of page

Cirurgia de TPLO em cães para cães com ruptura de ligamento cruzado

A cirurgia TPLO, ou osteotomia tibial de nivelamento da placa (do inglês, Tibial Plateau Leveling Osteotomy), é um procedimento ortopédico avançado utilizado no tratamento de lesões no ligamento cruzado cranial (LCCr) em cães.

Lesões no LCCr são comuns em cães de todas as idades e raças, e podem resultar em dor, claudicação e diminuição da mobilidade.

O ligamento cruzado cranial é crucial para estabilizar o joelho do cão durante a locomoção. Quando esse ligamento é rompido ou lesionado, o joelho perde estabilidade, resultando em instabilidade articular, dor e degeneração progressiva da articulação do joelho.


A cirurgia TPLO é uma das opções de tratamento mais eficazes para corrigir essa condição e restaurar a função normal do joelho.

Durante a cirurgia de TPLO, o cirurgião ortopédico veterinário realiza uma osteotomia (corte) na tíbia, que é o osso abaixo do joelho. Essa osteotomia é cuidadosamente planejada para alterar o ângulo da articulação do joelho, eliminando a necessidade do ligamento cruzado cranial para estabilizar o joelho durante a locomoção. O objetivo é criar uma estabilidade articular funcional, independentemente da integridade do ligamento cruzado cranial.

O procedimento começa com uma cuidadosa avaliação radiográfica do joelho afetado para determinar o ângulo de correção necessário.


Na cirurgia, o cirurgião realiza a osteotomia na tíbia, geralmente utilizando uma serra oscilatória ou uma lâmina especializada para criar um corte circular ou semicircular no osso.

Após a osteotomia, a placa de nivelamento é posicionada na superfície da tíbia para estabilizar o osso na nova posição corrigida. Esta placa é fixada com parafusos de aço ou de titânio resistentes, que são inseridos na tíbia para garantir a estabilidade e promover a cicatrização adequada do osso. Uma vez que a placa é fixada no lugar, a incisão é fechada e o cão é monitorado de perto durante o período de recuperação pós-operatória.

A cirurgia TPLO oferece várias vantagens em comparação com outras técnicas de estabilização do joelho.


Uma das principais vantagens é a criação de uma estabilidade articular mais consistente e duradoura, o que reduz o risco de complicações a longo prazo, como a progressão da osteoartrite. Além disso, muitos cães se recuperam mais rapidamente e retornam às atividades normais com maior sucesso após a cirurgia TPLO.


É importante ressaltar que a cirurgia TPLO é um procedimento complexo que requer habilidades especializadas e experiência por parte do cirurgião veterinário. Uma cuidadosa avaliação pré-operatória, incluindo exames de imagem detalhados e análise da condição do paciente, é essencial para determinar se a cirurgia é apropriada e para planejar o procedimento de forma adequada.


Após a cirurgia, é crucial seguir as recomendações do veterinário em relação ao cuidado pós-operatório, incluindo repouso adequado, fisioterapia e monitoramento regular. Com os cuidados apropriados, a maioria dos cães submetidos à cirurgia TPLO experimenta uma melhora significativa na qualidade de vida e pode retornar a uma vida ativa e livre de dor. Se você acha que seu cão pode se beneficiar da cirurgia TPLO, consulte a equipe da Ortho for Pets para discutir as opções de tratamento disponíveis.


Referências bibliográficas


Petazzoni, Massimo. (2004). TPLO in the small dog: 18 cases. 10.13140/2.1.2055.2003.


Sobre o autor

Felipe Garofallo é médico-veterinário (CRMV/SP 39.972), especializado em ortopedia e neurocirurgia de cães e gatos e proprietário da empresa Ortho for Pets: Ortopedia Veterinária e Especialidades. Agende uma consulta presencial ou consultoria on-line pelo whatsapp (11)91258-5102.

17 visualizações0 comentário

Comments


Que tal receber grátis mais artigos incríveis como esse?

Obrigado(a)!

bottom of page